quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

O legado da Ruína.

     Oi oi gente linda, tudo bem? Hoje vim aqui trazer a resenha do livro O legado da Ruína, que é da autoria do Willian Tannure, e foi publicado pela editora Chado. Vamos lá? 


Sinopse:
O Legado da Ruína
 Quando eu era criança, ficava fascinada com os desenhos animados da Mulher Maravilha, porque, além de ter superpoderes, era mulher. Hoje, alguns anos depois, descubro que, assim como várias mulheres, sou uma “mulher maravilha” do século XXI. Não é o máximo? Ter consciência dos nossos poderes nos deixa mais poderosas e mais fortes para continuar uma missão brilhante, que tem vários aspectos. E descobri que o sucesso da empreitada nada mais é que equilibrar vários pratos, ao mesmo tempo, sem sobrecarregar um lado mais que outro. Achou fácil? Então (quem sabe?) Somos trapezistas ou garçons natos e nem sabíamos.


Resenha: 
     O Legado da Ruína é aquele livro de fantasia que realmente me deixou de boca aberta, , a história é recheada de mistérios, cenas de ação, monstros, suspense e diversos poderes sobrenaturais, eu adorei o livro. E super me impressionou, não esperava tanto! 
       Nos dias atuais, Rognam é apenas um homem com uma grande fome de poder e ambição, é uma pessoa manipuladora, atormentada e infeliz, em que necessita ser visto e tratado com um Deus, maltratando até mesmo sua esposa e seus filhos. De um guerreiro forte, voraz e inteligente, Rognam se transformou nessa pessoa solitária e gananciosa, que só pensa em si mesmo. Sua família é constituída por sua esposa Merlain e seus três filhos, Regnar, Arcaedas e Syric, príncipes e futuros herdeiros do império, cada um com personalidades e gênios completamente diferentes um do outro.
    Regnar é o filho mais velho e sucessor do pai, ainda não conseguiu descobrir sua vocação com a magia, Rognar tem bastante expectativa e interesse no filho, principalmente por ele ser seu primogênito, porém essas expectativas não são atendidas e isso deixa o imperador sempre muito furioso. O principal obstáculo do príncipe é o seu irmão do meio Arcaedas, que está sempre competindo e querendo provar que é melhor que ele.
     Arcaedas é parecido com o pai, ambicioso e controlador, sua vocação na magia é fantástica, se destacando cada vez mais, seu único problema é a deficiência visual que carrega desde que nasceu. Arcaedas é cego, porém esse fato não o atrapalha em nada, ele já está acostumado com sua situação e é um ótimo feiticeiro.
       O irmão mais novo, Syric, devido a sua pouca idade ainda não foi permitido entrar no mundo da magia, por isso vivencia de fora tudo o que acontece com os irmãos e a vida no império.
        Yxor está se tornando um reino repleto de ameaças e infortúnios, tudo devido ao domínio descontrolado de Rognam, que não pensa em seus semelhantes e no que é melhor para o povo do império. Desse modo, a sociedade fica indignada com o governo tirano de Rognam, passando a desejar e planejar a sua queda, gerando diversas revoltas e até mesmo a ruína de Yxor. O final me surpreendeu, eu simplesmente recomendo!! :*

Nota: 4/5


quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Jantar secreto

    Oi oi gente, tudo bem? Hoje vim aqui trazer a resenha de um livro maravilhoso! Esse aqui foi meu preferido de todas as leituras coletivas organizada pela Bianca Faria. Vamos lá?

                                 Sinopse:

Jantar Secreto
    Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de sucesso na capital fluminense. Mas o dinheiro está curto e o aluguel está vencido. Para sair do buraco e manter o apartamento, os amigos adotam uma estratégia heterodoxa: arrecadar fundos por meio de jantares secretos, divulgados pela internet para uma clientela exclusiva da elite carioca. No cardápio: carne humana. A partir daí, eles se envolvem numa espiral de crimes, descobrem uma rede de contrabando de corpos, matadouros clandestinos, grã-finos excêntricos e levam ao limite uma índole perversa que jamais imaginaram existir em cada um deles.

Resenha:
      Incrível, muito diferente de tudo que já li! Amei.  A história de "Jantar Secreto" é contada em 1° pessoa por Dante, um rapaz que aos 19 anos se muda para o Rio de Janeiro com mais 3 amigos, todos vindos de Pingo D'água no interior do Paraná. Recém aprovados em universidades cariocas Dante (Administração), Miguel (Medicina), Hugo (Gastronomia) e Leitão (Sistemas da Informação) passam a morar em um bom apartamento localizado em Copacabana, dividindo igualmente as despesas. Anos depois, alguns formados e outros não, o grupo sente na pele a crise do país e nenhum conseguiu se "firmar feliz" na área em que escolheu. Após uma jogada irresponsável daquele que deveria reunir o dinheiro dos 4 e pagar o aluguel, eles acabam contraindo uma dívida de 26 mil reais referente a 6 meses de atraso.
      Essa dívida é o divisor de águas da história deste grupo pois, na tentativa de arrecadar o dinheiro rapidamente e não serem despejados, descobrem um site onde você pode vender vagas de jantares organizados em sua casa. Como Hugo é chef de cozinha a oportunidade parece muito interessante, visto que participantes dos bons jantares costumavam pagar até R$ 500,00 por uma vaga. Porém, como uma "brincadeira", Leitão cadastra o menu do jantar neste site como carne humana, e com o valor de R$ 3.000,00 por participante. Eles logo recebem vários interessados que imediatamente depositam a taxa cobrada. Agora possuem 30 mil reais em conta, uma dívida de 26 mil, uma fila de interessados pelo canibalismo gourmet e o desafio ético de ir em frente com essa ideia absurda (ou não). O que fazer?
       A história é muito boa, sério! Digna de um filme dos bons!!! Pra quem gosta de suspense e thriller psicológico é um prato cheio, pois ela já te choca com a ideia de ingerir carne humana, mesmo antes de saber qualquer detalhe. A narração feita por Dante, embora muitas vezes não siga uma ordem cronológica, vai acrescentando aos poucos todas as características importantes de cada personagem e você consegue acompanhar claramente o processo do corromper de cada um, seus desejos e vontades mais ocultas. Dante, Leitão, Hugo e Miguel são os típicos rapazes do interior que se deslumbram com as oportunidades da vida na capital (ainda mais quando essa é o Rio de Janeiro). Conhecemos também a peculiar e enigmática Cora e o oportunista Umberto, que dão um toque bastante especial à história.
       "Jantar Secreto" apresenta uma leitura fácil e uma excelente evolução da história. Por se passar no Rio de Janeiro, muitos dos locais citados são conhecidos, além dos fatos nacionais como a crise do país. Raphael também utiliza ótimos recursos visuais como um capítulo inteiro através de conversas na tela do WhatsApp com até memes, e outros contendo cartas e e-mails. Só vou dizer uma coisa, leiam. Eu recomendo! 


Nota: 5/5 +

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Um anjo na terra.


Oi oi amores, tudo bem? Hoje vim aqui trazer uma resenha desse livro ótimo! Eu gostei, só demorei para finalizar porque ler pelo meu tablet é meio ruim, físico é bem melhor. Eu recomendo a leitura, adquiri o meu ebook pela amazon para quem quiser comprar.  

Sinopse:
E quando um anjo é enviado à Terra para realizar um desejo de cada pessoa? Será que daria certo? O que elas pediriam? Será que ele atenderia na íntegra? Não o anjo Gabriel, questionador e sem muita paciência com o egoísmo dos homens, causará várias situações constrangedoras e engraçadas para salvar os seres humanos de si mesmos! 
Um livro com histórias de pessoas como nós, que se enfurnam numa rotina enfadonha e esquecem de viver, sobrevivem a cada dia como se nunca fossem morrer, deixam seus sonhos para um amanhã que nunca chega... Mas uma hora acordamos ou um anjo nos acorda!

    Resenha: 
    Um Anjo Na Terra trás a historia de Gabriel, que é um anjo que recebe como missão realizar um desejo de cada uma das pessoas da Terra, ou melhor, das pessoas que estão ao redor e se envolvem em sua missão original: fazer Ana Beatriz e Jorge ficarem juntos. 
    O casal vive fazendo escolhas erradas e afundando suas vidas em uma rotina horrível que afeta não só eles, mas também sua filha Lívia e os outros que estão ao redor. 
Além disso, temos o casal Carol e Bernardo, amores verdadeiros que estão sendo empacados pela teimosia de Jorge e Ana. 

    O livro passou bem rápido, eu gostei bastante, e ri muito com o anjo Gabriel. Essa é uma leitura leve, que fluí com facilidade, e nos faz pensar o quão damos valor á coisas pequenas mesmo quando temos coisas maravilhosas do nosso lado. Recomendo. 

Nota: 3/5

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Amar vale a pena.


Oi oi gente, tudo bem? Finalizei a leitura de mais um livro da Luana Barros, estou na vibe de ler os livros dela porque a escrita é muito boa. Me diverti bastante com o "Um anjo na terra" e resolvi ler esse também, vamos para a resenha? 

Sinopse:
Gustavo e Luiza formam uma família linda e feliz. Juntos criam Malu, filha dele com outra mulher. Mas a vida não continuará assim... A mãe de sangue da criança volta para reivindicar os direitos que abriu mão ao abandoná-la. Luiza vai embora por amor à filha de criação. Gustavo se desespera ao ver sua vida destruída. Em Londres, Luiza conhece pessoas de diferentes lugares do mundo, faz muitas amizades e se diverte bastante, apesar da saudade que sente dos amores deixados no Brasil. 

Uma história emocionante que mostra que em todos os lugares e em todas as línguas, todos amam e querem um amor verdadeiro. O livro toca a alma e o coração dos leitores, arranca sorrisos, lágrimas e suspiros... Faz brotar os melhores sentimentos.

Resenha:

    Amar vale a pena (recomeçar) trás uma historia linda, de um casal chamado Gustavo e Luíza, e sua filha Malu, que é filha de um relacionamento que não deu certo do Gustavo, eles levam uma vida comum, bem tranquila. Luíza sabe muito bem que não é mãe da bebe, mas á trata como se fosse filha de verdade. Quando a Malu nasceu, a mãe biológica Natalie á abandonou. Já nessa parte o livro já havia me conquistado, pois eu super admiro esses mães de coração!! 
  Os três são uma família perfeita, que cuidam muito bem da pequena. Porém a Natalie resolve vir ao Brasil, após complicar a adoção da menina pela Lu, isso abala muito a vida deles, e complica também o relacionamento do casal, pois a Natalie ainda é obcecada pelo Gustavo, e usa a filha como desculpa para poder ficar mais perto dele. Desde antes da Natalie voltar para o Brasil, o casamento já estava marcado. E ela é claro faz de tudo para separa-los! Devido á alguns acontecimentos Luíza, resolve ir embora para outro pais pensando que assim as pessoas que ela ama viveriam melhor. Mas não faz ideia do quão elas sofrem, principalmente o Gustavo, e a Malu. 
   Em um lugar diferente mesmo morta de saudades, ela resolve recomeçar a vida, fazendo novas amizades e se divertir, mas mesmo assim não consegue ser feliz, sente que tem algo faltando. 
   Ambos são bem orgulhosos, mas é claro sempre um tem que dar aquela iniciativa para salvar o relacionamento. Mas é como dizem, o amor fala mais alto! 
     O livro é bem envolvente, comecei a ler depois do almoço, e não parei nem para comer, haha. Nem precisa dizer que recomendo né nom? 

Nota: 5/5 + 

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Yaqui Delgado quer quebrar a sua cara.

Oi gente, tudo bem? Finalizei a leitura desse livro, e gostei, superou minhas expectativas. Vamos para a resenha?

Yaqui Delgado Quer Quebrar a Sua CaraSinopse: 
Uma garota surge de repente no caminho da adolescente Piddy Sanchez para avisá-la de que Yaqui Delgado vai acabar com ela. Piddy acabou de mudar de escola e nem faz ideia de quem seja Yaqui, muito menos do que pode ter feito de tão errado para apanhar. Mas Yaqui sabe quem ela é, e a odeia.

Piddy Sanchez não tem descanso. Ser filha de uma imigrante cubana nos Estados Unidos e crescer sem pai já era bem difícil sem ter alguém a odiando. No ensino médio da nova escola, seu corpo atraente desperta tanto os olhares dos meninos quanto o da esquentada Yaqui, que começa atacando a novata com ameaças cruéis, mas demonstra ser capaz de muito mais que isso, tornando a vida de Piddy um verdadeiro inferno dominado pelo medo. Denunciar Yaqui não é uma opção. Fugir não adianta. O importante agora é sobreviver.

O romance explora a questão do bullying nas escolas e fala de violência doméstica, assuntos que vêm sendo cada vez mais discutidos atualmente, por afetar muitas crianças e adolescentes.


                        Resenha: 
     O tema é interessante e acredito que deva ser cada vez mais trabalhado e conversado, dentro das escolas, ambientes de trabalho e dentro de casa. No geral é um bom livro, e muito importante para todos lerem!!
    Yaqui Delgado quer quebrar a sua cara conta a história de Piddy Sanchez uma garota americana, filha de uma imigrante cubana, que vê sua vida ganhar um novo rumo quando a mãe decide mudar de bairro por estar cansada do desleixo que é o prédio onde mora. Piddy com suas características físicas acentuadas, acaba chamando a atenção dos garotos latinos de sua nova escola. O que não agrada nenhum pouco Yaqui Delgado, líder do grupo dos latinos na Daniel Jones High School ~ Uma coisa que não ficou muito claro pra mim foi em questão ao tom de pele da Piddy, tem um momento que a autora da a entender que é claro, e que isso foi mais um motivo para ela não ser bem recebida pela comunidade latina de sua nova escola~.
     Durante o período de adaptação a vida “nova”, Piddy acaba sofrendo uma série de ataques físicos e psicológicos de Delgado (personagem essa que não tem uma vida muito boa e nem a devida atenção dos pais), a garota tem implicação com Sanchez, o livro também aborda um pouco da competitividade feminina, além de ciúmes do namorado. Com os ataques e chateada pela mudança, sua relação com a mãe Clara que já não era boa, por todo o mistério que envolve a história de seu pai, só vai piorando.
     Ao longo da história Piddy tem que lidar com uma série de fatores que todo adolescente passa, só que pior. O bullying e suas várias facetas, a relação ruim com a mãe, problemas com a melhor amiga, primeiro amor, escola nova, situação financeira.
       A verdade é que Piddy já não cresceu em meio a uma condição delicada. A mãe amargurada com a vida, as duas vivendo num bairro de classe baixa, em que autora aborda outros temas, como drogas e violência doméstica.
      Tudo pelo que a jovem passa, acaba afetando em seu desempenho escolar, que só vai piorando no decorrer do livro. Lila personagem amiga da mãe e da filha é uma das únicas pessoas que percebe o que Piddy está passando, por sempre ter tido boa relação com a menina. A mãe que percebe a mudança de Piedad, tenta mas não consegue se aproximar.
      As coisas só começam a mudar quando alguém denuncia o caso a direção da escola, que tem um projeto que trata do bullyin mas que não é bem divulgado.
     Na história a autora nos mostra uma das facetas do bullying, ele vem de onde a gente nem imagina, ele empodera alguns e afeta negativamente a outros. E pode vir de gente que sofre bastante com a vida. Medina também apresenta umas das maneiras de se lidar com o assunto e como a vítima pode enfrentar.


Nota: 3/5 

Um mega beijo, e até a próxima resenha! 

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

A pequena livraria dos corações solitários.

Oi oi gente, tudo bem? Hoje vim aqui trazer a resenha desse livro, que tem a capa linda demais! Eu estava querendo desde que lançou, mas o preço não abaixava. E por incrível que pareça, o mesmo saiu por R$15,90! Ahh, e também quero agradecer a Jeeh, que me falou da promoção. E chega de enrolações e vamos para a resenha! 



                 Sinopse: 

O primeiro livro da série A Livraria dos Corações Solitários 

Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. 
Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. 
Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes... 
Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”.

Resenha:
      Posy Morland trabalha em uma livraria, uma livraria que considera sua casa e que conhece desde que nasceu. A dona da livraria, uma senhora chamada Lavinia, é a pessoa que conhece praticamente todos os melhores livros do mundo. Infelizmente quando Lavinia falece, o destino da tão amada e confortável livraria Bookends é incerto. A Livraria já há um tempo vem tendo quedas nas vendas, o negócio vai mal, mas é uma livraria amada por ancestrais de Lavinia e pelas gerações atuais, todos os funcionários incluindo Posy não querem perder a livraria.
   Porém Posy descobre que Lavinia deixou a livraria aos cuidados de Posy, com o último pedido de que Posy reerga a livraria e a traga de volta ao que era quando praticamente todos de Londres a conhecia. Porém, se Posy não conseguir reerguer a livraria em dois anos, Sebastian, o único neto de Lavinia e o homem considerado o mais grosso de Londres, irá ter a posse da livraria.
Agora Posy terá que ser mais responsável do que já é, precisa sair da sua área de conforto e por a mão na massa para poder reerguer a livraria. Com a ajuda dos seus amigos, os três outros funcionários da Bookends, Posy começa a planejar uma nova livraria, uma nova Bookends. Porém, Sebastian transformara seus dias no inferno e irá fazer de tudo para que Posy faça as coisas da maneira dele.
      Posy é uma mulher de vinte e oito anos que perdeu os pais em um acidente de carro quando tinha vinte e um, ela teve que amadurecer mais rápido, pois agora era a guardiã legal do seu irmão de oito anos. A livraria é tudo para Posy, mas quando ela se vê dona de tudo e de todo aquele peso de repor a livraria de volta aos eixos e reconquistar os clientes, Posy entra em desespero. É uma personagem muito engraçada e divertida, adorei conhecer o amor que Posy tem pelos livros, é incrível ler todos os sentimentos que ela expressa ao tocar em um livro, ao ler uma frase ou ao falar sobre um livro. Da para sentir o amor, a paixão e a obsessão pelos livros. A surra do dicionário foi a melhor cena desse livro!
Sebastian, apesar do que a sinopse diz sobre ele, Sebastian não me trouxe a imagem de um homem mal no estilo bem ruim. Quer dizer, ele é super grosso e não escuta ninguém, literalmente, é só alguém se aproximar dele que e começar a falar que ele ignora com uma facilidade surpreendente. Porém ele é engraçado, sendo grosso e insistente do jeito que é o torna um personagem bem engraçado, adoro como ele e Posy trocam insultos e farpas são as melhores partes!
     Eu achei o livro meio fraco, mas gostei. Principalmente das citacoes de outros livros, como Orgulho e preconceito da Jane Austen! 


Nota: 4/5

Um mega beijo, e até a próxima resenha! 

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Judy Moody.

Sinopse:

Judy Moody está em uma maré de sorte. Desde que a vovó Luísa deu a ela uma moeda amassada, Judy não parou de se dar bem. Com toda certeza absoluta, Judy é a garota mais sortuda de todas! Bom, pelo menos até o momento em que a sua moeda da sorte tem um acidente infeliz. De repente é adeus, amuletinho querido. Prazer, CALAMIDADE! Será que a sorte de Judy foi embora de vez pelo vaso sanitário?


                             Resenha:
Resultado de imagem para judy moody judy de bom humor, judy de mau humor sempre judy moody        Esse é um livro infantil, simples, porém gostei. Vou contar um pouco da historia. Judy não queria deixar para trás as férias, e por isso acordou com um péssimo humor e nada a tirava da cama, estava com raiva, pois ia para escola, primeiro dia de aula. Sua mãe a acordou e o mau humor continuava. Depois, pensando, todos tem camisetas legais e eu não. Não demorou e criou a camiseta com a frase "Eu comi um tubarão". Encontrando com seus amigos da escola, continuou com mau humor. E aconteceu uma coisa pior, sentou ao lado de Frank Come Cola. Logo o professor passou um trabalho a "colagem quem sou eu", Judy achou legal, mas continuou de mau humor. E, em seguida, o professor pediu para cada um escrever 5 palavras no caderno, Judy escreveu nada cinco vezes; Em seguida, o professor pediu para alguém pegar a caixa de pizza na sala do diretor, todos levantaram a mão, mas Rocky foi o sortudo. E Judy pediu a mesinha da caixa de pizza para mais uma de suas coleções.
    Depois, em casa, Frank ligou para Judy perguntando se ela iria à sua festa, que seria 3 semanas depois. Judy queria uma mascote nova e comprou a planta carnívora(Papa-tudo) que foi comer um pedaço de carne e quase morreu. No outro dia a planta ficou melhor, mas para Judy era o dia D(Dia droga), a festa de Frank. Na festa, só tinham meninos. Dias depois, Judy recebeu uma caixa e foi chamada de doutora Judy, recebeu uma boneca como paciente, mas Chiclete(seu irmão) a quebrou e ninguém conseguia girar o botão da boneca. No trabalho, que tinha que ter um clube, Judy botou o clube XS. Judy, começou mais um dia de mau humor, era dia da bandeira, Chiclete ia ver o presidente. Ela não. Chega o dia da entrega da colagem e chovia muito, ela pediu para Chiclete e seu pai que levassem a colagem e Chiclete a manchou de suco de uva. Judy tentou parecer médica na apresentação da colagem. Depois da entrega do trabalho ela estava com o melhor humor do mundo e todos foram tomar sorvete. Frank sentiu uma coisa quente e molhada na mão, era o xixi do sapo e todos morreram de rir

Nota: 3/5